Pesquisar este blog

terça-feira, janeiro 31, 2006

Corpo Circular

Segue o circo no seu rumo, quem quiser que vá atrás. Porque ele segue em frente sempre, depois volta. É circular. A caminho do circo eu vou, no balaio estou sempre a me perguntar: porque mesmo depois de tanta viajem o circo volta sempre ao mesmo lugar?

Respondo e volto sempre ao mesmo lugar
Pergunto a resposta e volto a perguntar
Retorno eterno nessa roda
Que embora sempre roda vale a redundância circular

Redunda
Redonda
Rede
Onda
nda
nada
rola
tudo roda
sempre a retornar.

rumo ao Circo do Balaio!

Um comentário:

Anja disse...

O mundo gira... tudo é Gira! A gente vai e sempre volta, num vai e vem sem fim... o mundo, circular... um eterno retorno, sempre!

Rumo ao CIRCO DO BALAIO!!! Juntos! Sempre... com um círculo de idéias e ideais que sempre circulam em nós!!


Beijos apaixonados!


te amo...