Pesquisar este blog

quinta-feira, maio 10, 2007

Parafraseando Leminski

"nisso eu sou primário
amor pra mim
vem do caralho"

Não só pra mim... basta mudar as desinências de gênero e substantivos do sexo. Como não percebi isso antes? Até mesmo nos anjos, percebe? Ah esses corpos que me enganam... e me enganaram tanto tempo... tisc tisc... romantismo é esconder o amor humano, que vem da carne, é eufemizar a visceralidade. Pois assim, amor do ventre, não é mais belo? Bom, em três linhas Leminski já disse tudo. Paro por aqui...

Um comentário:

Flávia disse...

Li.
Aliás, tenho lido. Só não tenho dito.
Mas gosto muito.